Arquivos Mensais: Abril 2011

Tempo.

O tempo … essa abstracção inconstante que voa sobre as minhas alegrias, para logo poisar nas minhas tristezas. Filipe da Silva Anúncios

Publicado em Sem categoria | 4 Comentários

Invictus

Do fundo desta noite que persiste A me envolver em breu – eterno e espesso, A qualquer deus – se algum acaso existe, Por mi’alma insubjugável agradeço. Nas garras do destino e seus estragos, Sob os golpes que o acaso … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Publicar um comentário

Você tem experiência ???

Já fiz cosquinha na minha irmã pra ela parar de chorar. Já me queimei brincando com vela. Eu já fiz bola de chiclete e melequei todo o rosto Já conversei com o espelho e até já brinquei de ser bruxo. … Continuar a ler

Publicado em Responde, se souberes. | 1 Comentário